Notícias

Mestre Messias Freitas  participa da 12° Edição do Festival Afro-brasileiro de Maringá de 16 a 21 de NOV.

Esse ano o festival aborda o tema: CULTURAS NEGRAS IMPORTAM no qual discute a importância da cultura negra na sociedade brasileira, sua tradição, seus coletivos, religiosidade, ativismos, práticas anti-racistas e culturas urbanas. Durante toda a semana esses temas serão abordados junto com personalidades significantes do movimento negro brasileiro via streaming pelo canal youtube.com/secretariamunicipaldeculturademaringa sempre as 19h. Estão confirmados nos debates nomes como: Mestre Chacon, Mestra Joana, Tatiana Nascimento, Mãe Beth D’ Oxum, Mari Boaventura, Guitinho do Xambá, Raissa Imani, Aza Njeri, Mestre Messias e Chico César.

#festivalafrobrasileirodemaringa #culturasnegrasimportam #tradicao #religiosidade #ativismo #praticasantiracistas #culturasurbanas

O projeto Vidigal Capoeira lança mais um registro fonográfico da cultura afro popular desta vez o trabalho foi voltado para o jongo carioca. O album denominado ” Saravá Jongueiros da Casa” além do CD fisico disponível para venda, as composições estará  nas melhores e maiores plataformas de musicas e o lançamento será no dia 30/10/2020.

Esse trabalho conta com participações especiais da Cantora Cida Santana e do Mestre Toni Vargas. 

Trabalho composto por 16 faixas de autoria propria, pontos de dominio publico, composições dos Mestres; Jefinho Tamadare, Totonho do Jongo e mestre Toni Vargas.

Concepção grafica: Lucas Ursão Bonfim – SP . Mixagem e gravação; Wellington Monteiro.

“Cantigas da Cultura Popular em ritmo de Capoeira” lançado em 2019. Foi o resultado de pesquisa de musicas do universo da cultura popular que resultou na reunião de cantigas de capoeira, Jongo, Coco, Samba de roda, Dança da Magaba, Tambor de crioula e Ciranda. O objetivo desse trabalho voltado para o publico infantil é justamente aproximar nossos pequenos da nossa cultura como um todo, principalmente através das musicas.

Mais informações através do link: 12°Festival Afro Brasileiro de Maringá

A Instrutora Chiquinha ( Erika Carvalho Barroso) da celula do nosso trabalho localizado na cidade de Nova Friburgo – RJ. Após anos de inquientações e pesquisas de acordo com sua linha e area de estudos e trabalho resolveu reunir essas informações em um livro chamado ” MITO CAPOEIRA” disponível em diversas plataformas e lojas online. Estamos muito felizes com o resultado. Aproveitem e boa leitura!!!

Album “Homenagem ao Mestre Indio Maranhão” como titulo já diz tudo resolvemos homenagear o reponsável por esse projeto. Mestre do saber detendor de diversos talentos da cultura, dentre eles destaca se, o jeito facil de fazer musicas. Selecionamos algumas e fizemos esse registro em forma de homenagem. Gratidão Mestre  

confira a matéria

Acesse a matéria completa clique aqui

Acesse a matéria Aqui

O Projeto Vidigal Capoeira realizará a 8° Edição do Encontro Nacional de Capoeira e Cultura Popular no Vidigal, nos dias 13, 14 e 15 de março, sob a direção geral do Mestre Indio Maranhão, e a coordenação do mestre Messias Freitas, evento esse que já faz parte do calendário cultural da comunidade do Vidigal.

Reuniremos; mestres da cultura popular, professores de danças, profissionais da área de educação, professores de educação física, fisioterapeutas, historiadores, capoeiristas, atores, brincantes e simpatizantes da cultura afro-brasileira, de todas as regiões do país.

O evento terá extensa programação dentre elas; apresentações folclóricas, oficinas de jongo, coco, samba de roda, tambor de crioula, capoeira, rodão cultural, lançamento de cds e livros do gênero e o batizado e troca de cordas.

Esse evento contempla vários aspectos da cultura popular, promovendo experiências sócio-culturais, aprimoramento técnico-artístico, vivência lúdica que proporcionam mais qualidade de vida aos jovens e crianças e inserção de muitos indivíduos no mercado de trabalho estimula à produção de cultura, arte, comunicação e conhecimento. Fortalecendo o exercício da cidadania. Além disso, ao passo em que o evento é sediado no Vidigal, contemplam a comunidade: turismo local, transporte, comércio formal e informal do local.

Evento gratuito